Fundação

Home > Fundação

A Fundação Medeiros e Almeida foi criada em 1972, com o nome do fundador, António de Medeiros e Almeida (1895-1986), um empresário português que doou ao seu País a casa – que habitou durante 30 anos – e a coleção de obras de arte adquirida ao longo da vida. Filho de pais açorianos – João Silvestre de Almeida (médico em Lisboa) e Maria Amélia Tavares Machado de Medeiros, provenientes da ilha de São Miguel, Medeiros e Almeida manteve ao longo da vida uma estreita relação com o arquipélago dos Açores, nomeadamente no que respeita à gestão da fábrica de açúcar SINAGA – Sociedade de Industrias Agrícolas Açorianas, S.A.R.L. e da Casa Bensaúde & C.ª Lda. enquanto sócio-gerente.

 

A Fundação tem como objetivo: “…deixar ao País uma Casa-Museu” sendo sua missão o estudo, a conservação e a divulgação do seu acervo. O acervo de artes decorativas inclui núcleos de Relógios, Porcelanas da China, Pintura, Mobiliário, Ourivesaria, Joalharia, Arte Sacra, Escultura e Têxteis.

 

A Fundação atribui Bolsas de Estudo a estudantes universitários açorianos, ou seus descendentes diretos, a frequentar o 1º, 2º ou 3º ciclo (licenciaturas, mestrados e doutoramentos), de cursos relacionados com Arte (lista disponível no regulamento).

 

Consulte o regulamentos das Bolsas de Estudo ou aceda ao separador: A Fundação / Bolsas de Estudos