DITADOS E SITUAÇÕES

DITADOS E SITUAÇÕES

Exposição de Pintura

 

luís artur

cardoso pereira

 

 

Inauguração: 10 Abril – 18.30h

Patente: 30 Abril

 

 

Luís Artur Cardoso Pereira convida-nos a um percurso de introspeção e interpretação. Cada obra interpela-nos à atribuição significante induzida pelo forte impacto visual das formas difusas ou ausentes e das cores ora fortes e carregadas ora leves e esmaecidas, mas sempre em completa harmonia e equilíbrio, com que o pintor nos comunica a sua visão da vida e da morte, do desespero e da esperança, da justiça e da iniquidade, do amor e do vazio que traz a sua ausência.

 

Ao longo do percurso expositivo o pintor sussurra-nos, mas não nos impõe uma interpretação. Os títulos que atribui às obras expostas são certamente pistas, mas não limitam e muito menos impedem a apropriação que cada um de nós queira fazer do significado de cada tela que contemplamos. E a pintura de Luís Artur sendo esteticamente bela e perfeita na harmonia cromática e nas composições de formas,

luz e sombra, convida-nos a uma apropriação pessoal de cada obra tornando-nos assim já não meros espectadores, mas também, de algum modo, seus possuidores, se não da tela, pelo menos da interpretação que dela fazemos.

 

Pablo Picasso disse um dia que um quadro muda enquanto está a ser feito, mas que depois de concluído também vai mudando de acordo com o estado de espírito de quem esteja a olhar para ele.

 

Assim é com a pintura de Luís Artur. Os seus quadros para além de belos, são também a fonte de inspiração e reflexão sobra a “origem e finitude” das nossas vidas e de alerta para a urgência de encontrarmos caminhos de paz, amor e justiça.

Toda a arte é uma forma de literatura, porque toda a arte é dizer qualquer coisa”, disse Fernando Pessoa (através de Álvaro de Campos).

 

Luís Artur, através da poesia que encerra nos seus quadros diz-nos muito e bem. Basta lê-lo, que é como quem diz, vê-lo com atenção!

Pessoa de ideias e de ideais, humanista convicto e comprometido, Luís Artur Cardoso Pereira transfere para a sua pintura a angústia e a insegurança, os temores e as incertezas, a ligeireza e a vacuidade com que muitos de nós, vivemos (ou desperdiçamos) as nossas vidas. Mas recusa a ideia da fatalidade e impele-nos para a afirmação da esperança e para o compromisso do renascimento “é como um homem quiser” …

 

António Pina Pereira

Fevereiro de 2018

 

 

 

luís artur cardoso pereira

Realizou dezassete exposições individuais e participou em mais de trinta coletivas.

Algumas individuais

Galeria G. Bénard, Lisboa 1992; Clube 50, Lisboa, 1995 e 1998; Centro Unesco do Porto, 1996; Sala do Veado, Museu Nacional de História Natural, Lisboa, 2002; Biblioteca de instrução Popular, Vieira de Leiria, 2003; Casa dos Açores, Lisboa, 2006; Galeria VOL, Vemos, Ouvimos e Lemos, Serpa, 2007; Galeria Hibiscus, Lisboa, 2007; Galeria Livraria Arquivo, Leiria, 2009; Museu da Água, Lisboa, 2010; Centro Cultual de Penacova, 2013; Casa-Museu Medeiros e Almeida, Lisboa, 2018.

 

Algumas coletivas

Galeria Ícaro, Lisboa, 1990; Reitoria da Universidade Clássica, Lisboa, 1992; Lisboa Capital da Cultura:21 olhares sobre Lisboa, Clube 50, Lisboa, 1994; 5ª, 14º e 15ª Exposição Internacional de Vendas Novas,1999,2008,2009; Exposição Comemorativa do 9º aniversário da Galeria Arte e Mar, Sesimbra 2000; Galeria Cogito, Coletiva do 7º aniversário, Setúbal, 2000; Galeria Artes e Artes, Lisboa, 2001; Galeria Espaços, Boliqueime, 2002; Espaço Lisboa, C.C. Olivais, 2002; Galeria 57, Arte Contemporânea, Leiria, 2006; FAIM, Feira de Arte Independente de Madrid, Espanha, 2006; Galeria da Ordem dos Médicos, Lisboa, 2006; Atelier 49, Átrio do Ministério das Finanças, Lisboa, 2007; Museu Etnográfico de Serpa, 2007; Crisolart Galleries, Barcelona / Kips Gallery, Nova York, 2008; Exposition internacional de arte contemporãnea,Vilafranca delos barros, Badajoz, 2008; Art Jaén, Crisolart Galleries, Barcelona, Espanha; Galeria Manuela Talaverano, Sevilla, Espanha, 2010; Sala do Veado, vinte anos, Museu de História Natural, Lisboa.

www.luisartur.com

Local

Sala de Exposições Temporárias

Data

10/04/2018 - 30/04/2018

Horário

2ª feira a sábado - 10h - 17h

Preço

Entrada Livre (só exposição temporária)

Categoria
Exposições Temporárias