Mrs William Fitzroy – John Hoppner

Mrs William Fitzroy – john Hoppner

Mrs William Fitzroy – John Hoppner

John Hoppner pintor inglês de origem alemã, nascido em 1758 em Londres, tornou-se um dos mais famosos retratistas da época. A sua mãe, de origem alemã, era aia da rainha Charlotte mulher de Jorge III, o que lhe permitiu ter sido educado na corte, tendo frequentado a Royal Academy onde estudou pintura.

 

Designado como pintor oficial de retratos do príncipe de Gales em 1789, a sua predilecção, tal como de Gainsborough, era a realização de paisagens no entanto, como tinha habilidade para retratos, sendo este o tipo de pintura que mais vendia em Inglaterra neste período e que, constituía uma forma de sobrevivência dos pintores, teve que se dedicar a este género de pintura. Não só a corte pretendia então ser retratada mas também a aristocracia, urbana e provincial assim como, uma burguesia emergente fruto da revolução industrial que permitiu o acesso à pintura de todo um novo grupo de pessoas, que desta forma, pretendiam afirmar o seu novo status.

 

A partir de 1780, Hoppner exibe o seu trabalho na Royal Academy a qual integrou a partir de 1795 como académico. A sua pintura reflecte igualmente o gosto pelo colorido assim como a admiração (e imitação) por si reconhecida da pintura de Reynolds, competindo com ele na procura de pintura de retrato por parte da aristocracia inglesa, tendo-se destacado particularmente na representação de mulheres e crianças.

 

O retrato de Hoppner representa Catherine Haughton nascida em 1773 (filha de Sir Simon Clark) primeira mulher de William Fitzroy tenente (filho do 1º barão de Southampton). Catherine casou-se em 1801 e morreu em 1808. Embora não datada, a realização da pintura deverá situar-se algures entre estas duas datas.

Como é característico da pintura de Hoppner, Catherine é apresentada a meio corpo sobre fundo liso escuro, contrastando assim com a frescura da sua figura de vestido claro e de rosto de tons rosados e cores vibrantes. Veste vestido branco com decote em V sob o qual, passa fita cor de malva com laço, por cima veste casaco verde com transparência nas mangas. O cabelo ondulado apanhado por fita de onde saem os caracóis, numa típica representação de gosto Império.

 

Proveniência:

Pertenceu à retratada – Mrs. Fitzroy, c.1799-1808 e por sucessão ao viúvo, Lt.- Gen. Hon. William FitzRoy. Permaneceu na família até ser vendido pelo bisneto da retratada; o Captão Phillip Fitzwilliam Fitzroy RA (1870-1923), em Fevereiro de 1907
Pertenceu à colecção F.W. Sassoon, Esq., 17, Knightsbridge, W., Londres
Pertenceu à colecção de Albert Rofe, Espanha
Pertenceu à Galeria Wildenstein, Paris
Adquirido por Medeiros e Almeida na Asprey & Company, Ltd., Bond Street, Londres, em 10 de Dezembro de 1971, por £ 3.690

 

A Casa-Museu Medeiros e Almeida agradece a informação disponibilizada por Alex Kidson da Romney Society.

Artista

John Hoppner
 (1758-1810)

Ano

1780

País

Inglaterra

Materiais

Óleo sobre tela

Categoria
Pintura Inglesa