Todo o Tempo o Tempo Todo

Todo o Tempo o Tempo Todo

Nazareno Rodrigues Alves

Sobre a exposição

Biografia:

– São Paulo SP 1967. Desenhista, escultor e artista multimídia. Nascido em São Paulo, Brasil.

Nazareno trabalha com situações lúdicas, que abarcam os receios e os encantamentos das relações humanas. Ao apresentar suas produções em miniatura, o artista relaciona a sua obra com questões ligadas à infância, ao jogo, à memória, à impossibilidade e ao tempo. Como em 4, 3, 2, 1…Você Perdeu (1998) – instalação composta de pequenas cadeiras de prata, constituindo quatro estágios da “dança das cadeiras”. Nesta brincadeira popular, há sempre um participante a mais em relação ao número de cadeiras. Sucessivamente, vão sendo eliminados os jogadores que não conseguem sentar, até que reste apenas um, o vencedor. Entretanto, no trabalho proposto pelo artista, não existe vencedor. A cadeira que restou está encostada à parede, e não pode ser ocupada.

O desenho, que ganha maior importância para o artista em 2002, reflete um momento mais afastado da infância. Agora, os jogos propostos envolvem relações de competitividade em outro âmbito – que pode ser compreendido como mais adulto. Essas relações estão inscritas em trabalhos como As Indefiníveis Especulações (2003) – figuração, por meio do desenho, de uma caixa aberta que guarda outra caixa, também aberta. E em Como Fazer para Impressionar os Inimigos (2003), série de cinco desenhos que retratam, em sequência, um esquema de como fazer malabarismo com bolas. Ambos são realizados em nanquim.

Local

Salas da Casa-Museu

Data

10/05/2017 - 17/06/2017

Horário

13:00 - 17:30

Preço

Entrada Livre

Categoria
Exposições Temporárias